Deus da Verdade e da Iluminação.

Yazlan é a divindade suprema dos tumérios, renasceu após a queda do Império Nelípcio e liderou o seu povo para a libertação. Se tornou mais forte após a queda do Império de Muran, com a fundação do Califado Abençoado de Yazlan, que mais tarde se subdiviu em territórios e deu origem aos atuais reinos de Al-Ghumbak, Al-Tirân e Al-Kardif.

Seus adoradores acreditam que Yazlan caminhou entre os mortais, mais precisamente entre os escravos da Nelípcia, e guiou o seu povo, os tumérios, para a salvação ao renegarem o domínio de seus superiores através da busca pela verdadeira iluminação. Seus adoradores ergueram espadas e pregaram a libertação em uma revolução que culminou na queda do poderoso Império da Nelípcia.

Quando os tumérios se libertaram, os yazlanistas puros acreditavam que o povo estava livre e que todas as terras e bens deveriam ser divididos. O caminho da verdade e plenitude estava em aceitar sua condição mortal e que um dia você irá morrer. Apenas seus feitos e atitudes serão levados para o paraíso.

Seu culto é divido em 3 facções:

Yazlanismo Puro: vertente dos sacerdotes que não defendem a auto-flagelação e nem a imposição religiosa, mas sim a aceitação e a completude espiritual própria, sem a necessidade de impor dores físicas e psicológicas. A simples aceitação da verdade interior. Possuem votos de pobreza e silêncio.

Yazlanismo Saremiano: vertente defendida por aqueles se prendem aos fortes ideais do Profeta Sarem, que cultua que a ascensão espiritual está ligada a penitência, auto-flagelação e restrições físicas e monetárias. Entretanto, paradoxalmente, suas mesquitas e igrejas são grandiosas e belas.

Yazlanismo Ortodoxo : vertente mais radical do yazlanismo, que defende os ideais mais extremistas de que toda a terra cujo Yazlan passou e reinou deve pertencer aos seus filhos. Sao altamente fundamentalistas e intolerantes com outras culturas e religiões. Essa é a vertente dominante em Al-Kardif, onde pregam de forma fervorosa e fanática.

Confira os deuses cultuados em Alkemor:

  • Anzurf, deus do Talzûn,  justiça e dos desertos
  • Surya, deusa das Luas, sabedoria, mistérios e profecia
  • Valumbar, deus da vida, morte e ressurreição
  • Nalub, deus das estrelas, alquimia e da magia
  • Jatsus, deus do roubo e mentira
  • Sviluss, deus serpente da feitiçaria, escuridão e destruição
  • Desirk, deus da carnificina e da guerra
  • Yazlan, O Eternodeus da verdade, penitência e libertação

     

    Arzien_Yazlanitas Yazlan, O Eterno

    Yazlanitas orando em uma mesquita.

     

     

Yazlan, O Eterno
Avalie o conteúdo

pinit_fg_en_rect_red_28 Yazlan, O Eterno

Leia Também: