Orbe dos Dragões

Cenários, Aventuras e Sistemas de RPG

Crivon, Histórias de Crivon

Estratagema do Obscuro: a ascenção de Argal

Para ver o capítulo anterior, clique aqui.

The Dark One’s stratagem: the Argal’s rise

*****************

Contexto histórico

Após a queda de Dorianth, na III Era, anos se passaram, enquanto Argal e seu Exército das Trevas passaram a agir e amedrontar os povos de Crivon.

No combalido Império Toran, Albaloth Toran II, o Destemido,  filho do Albano Toran, o Visionário, reuniu todos os seus vassalos para confrontarem as forças de Alma das Trevas, no entanto, percebeu que seus subordinados encontravam-se envoltos em seus próprios conflitos, uma vez que Argal e Sangue Sombrio, influenciados por Báphira, haviam dividido suas tropas para atacarem as Regiões mais distantes do império, para minarem suas forças e ao final, atingirem o Império Toran com um grande golpe final.

Em paralelo, intrigas, discórdia e acirramento por questões territoriais geraram inúmeros conflitos entre os povos de Crivon, que embaraçavam as alianças entre os povos.

crivon-guerra Estratagema do Obscuro: a ascenção de Argal

Os povos estavam em guerra.

Nesse contexto, muitos foram os que, individualmente, tentaram deter Alma das Trevas, porém falhavam pois não dispunham do conhecimento ou dos equipamentos necessários para a tarefa.

Através dos seguidores de Argal, foi organizado e estabelecida uma crença que viria a ser conhecida como o Culto ao Obscuro. Seus rituais consistiam em sacrifícios, onde as almas dos sacrificados eram absorvidas e posteriormente repassadas para Alma das Trevas, como uma espécie de tributo.

Argal Alma das Trevas passou a apreciar os tributos e o culto que havia sido instituído, no entanto ela sabia que enquanto houvessem reinos élficos, sua permanência estaria ameaçada.

Assim, sabendo que ainda não poderia empreender campanha contra o Reinado Ultramarino de Thankester Blayth – após a queda da primeira, os elfos fundaram, no mar do oeste um novo reinado com nome similar, voltou seus propósitos para esmagar os últimos reinados élficos que ainda existiam no Grande Continente de Toran, Galbardian no Sul, e os ocultos reinos de Iluminah no Norte e Heredra na Grande Floresta Élfica, na Região Central.

Contudo, o Reino Élfico de Galbardian era poderoso e composto pelos temíveis Senhores Espadachins Elementais, entre eles o poderoso Nor Glanoah Tenzermoth Espada do Trovão.

Anos se passaram até que Alma das Trevas conseguisse reunir um contingente militar, em sua maioria constituído por humanoides como goblins, orcs, homens-lagartos, gnolls e ogros, marchou para destruir o poderoso Reino Élfico de Galbardian numa guerra que que se arrastou por 10 anos, conhecida como a Guerra das Flechas e Machados.

*********************

Os Irmãos Heróis

Davinan-manto-de-runa-450x600 Estratagema do Obscuro: a ascenção de Argal

Danivan Manto de Runa

Enquanto Argal travava sua guerra contra Galbardian, dois irmãos tentavam descobrir uma forma de derrotarem Alma das Trevas, eram os heróis Davinan Manto de Runa (o cavaleiro) e Tarzemal Manto de Runa (o mago).

Após muitas aventuras, patrocinadas pela Coroa Imperial, no intuito de minarem o poderio de Argal, Davinan e seu grupo descobriram uma maneira para derrotarem aquela que passou a ser conhecida como a Ameaça do Mundo. Pois ela se declarou como o Obscuro renascido a todos, espalhando ainda mais sua influência e terror.

tarzemal-429x600 Estratagema do Obscuro: a ascenção de Argal

Tarzemal Manto de Runa.

Primeiramente descobriram, através de relatos e testemunhas que viram as proezas de Argal Alma das Trevas, deduziram que realmente a meio-elfa se tratava de mais um receptáculo para o Obscuro.

Com base nisso, concluiu que, assim como havia sido no passado, seria preciso encontrar as armas de lacunian e reunir um grupo de pessoas que estivessem dispostas a confrontarem diretamente Alma das Trevas.

Apesar de contar com a ajuda de muitos amigos, as armas lendárias estavam perdidas no Deserto da Torkania. O que tornava a tarefa impossível de ser realizada.

Para descobrirem um meio de encontrá-las, os irmãos Manto de Runa, sozinhos, decidiram que iriam ao Reino Élfico de Iluminah, por saberem que o Rei daqueles elfo detinha a guarda de uma das armas de lacunian.

5d9ca-ilumina2b-2bstonelight2b1-1024x436 Estratagema do Obscuro: a ascenção de Argal

Os irmãos Manto de Runa foram a Iluminah.

Eles tomaram conhecimento que Alma das Trevas, havia dividido seu exército para impedir a união entre os reinados élficos, os separando em conflitos e guerras.

Persistentes, eles conseguiram contornar o cerco imposto por Argal, após eliminarem um dos mais fortes comandantes do cerco, libertaram muitos elfos, entre eles o príncipe Edryan Thanar. Ao conquistar a confiança dos elfos, conseguiram adentrar Iluminah, onde poderiam encontrar grandes sábios e conhecedores das tradições e histórias antigas.

Após algum tempo entre os elfos e estudando sobre sua história e tradições, Davinan, enfadado e impaciente, decidiu retornar para seu grupo, deixando seu irmão com a incumbência de descobrir uma forma de encontrar as armas de lacunian.

Enquanto seus amigos, sob a liderança de Davinan voltaram a travar seus embates contras as forças de Alma das Trevas. Em Iluminah, Tarzemal descobriu uma forma de encontrar as armas, a partir de um fragmento do minério que dá nome ao reino  élfico, pois a pedra tinha inúmeras propriedades místicas.

**********************************

O Aeroprisma

Aprofundando seus estudos sobre as armas de lacunian e o Cristal Iluminah, Tarzemal descobriu que seria capaz de localizar qualquer substância por meio daquele elemento, todavia, durante o processo de confecção do localizador, precisaria dispor de uma amostra do material a ser encontrado.

Sabendo que o Rei Elfo de Iluminah, Enadryan Thanar, dispunha sob sua guarda das adagas de lacunian – presente dado por seu parente Saveth Lacunian a sua Casa, as solicitou como parte integrante no ritual de criação do artefato localizador.

Alguns meses de tentativas, fracassos e desilusões, que quase levaram o mago a loucura, quando, após um longo diálogo com Okarina Delphant – uma trovadora e amiga de longa data, ele descobriu e corrigiu o erro que o impedia de confeccionar o artefato.

Por fim, quase exaurido, ele conseguiu fabricar o item que viria a ser conhecido como Aeroprisma, pois, quando em funcionamento e muito próximo ao item que precisava ser encontrado, ele pairava no ar sozinho.

crivon-aeroprisma-600x600 Estratagema do Obscuro: a ascenção de Argal

Foi gerado o Aeroprisma de Tarzemal.

Apesar da euforia do grande feito e comemoração de todos ao seu redor com a conquista alcançada, um grande calafrio tomou conta de Tarzemal. Ela sabia que precisava partir e iniciar sua jornada o quanto antes.

Para ver a continuação, clique aqui.

Criação e elaboração: Patrick Nascimento
Fonte de imagens: internet

Estratagema do Obscuro: a ascenção de Argal
5 (100%) 2 votes

pinit_fg_en_rect_red_28 Estratagema do Obscuro: a ascenção de Argal

Leia Também:

4 Comments

  1. Tarzemal! Massa, mais uma revelação empolgante!
    Fico ansioso para ler a linha seguinte !
    E, desvendar histórias antigas .
    Maravilha!!

    • Que bom que esta apreciando Aharon! Para os jogadores dos heroicos Cavaleiros da Luz Celestial, o conhecimento dessas histórias é muito importante para contextualização e interpretação dos eventos atuais. Continue lendo, participando, apreciando, pois mais histórias virão! Obrigado

  2. Mestre Patrick.

    Me tire uma dúvida:
    Seria a mesma pessoa O Reino sem manto e o Espadachin Elemental, o poderoso Nor Glanoah Tenzermoth Espada do Trovão. Qual Mark encontrou em suas aventuras em Ilumina? logo após derrotar Magistralmente Nor-Dark. E como recompensa e mérito poder portar sua espada. TROVEJANTE.? E qual a relação entre eles ?

    • Opa! Fala Aharon! Então, vamos as respostas:
      1 – Nor Glanoah Tenzermoth, um espadachim elemental também conhecido como o Espada do Trovão, era um dos 14 grandes guerreiros do extinto Reino Élfico de Galbardian e guerreiro juramentado do Coronal Elzdrath Sembrian – o verdadeiro Rei de Manto.
      2 – A história desses dois e a de Nor Dark, estão cruzadas e serão mencionadas no próximo artigo. Aguarde!

Leave a Reply

Theme by Anders Norén