Para ver o capítulo anterior, clique aqui.

The Dark One’s stratagem: the Return

medalhao-de-baphira-450x600 Estratagema do Obscuro: o Retorno

O talismã que Báphira deu a Lareth impediu seu total extemínio.

Enquanto os primeiros clãns humanos começavam a se estabelecerem em Crivon, no início da III Era, Lareth Obscuro – destruído e vencido na grande batalha que culminou no primeiro Cataclismo de Crivon, começou a recobrar sua consciência, graças a energia desencadeada pelo “Talismã da Essência” fornecido a ele pela divindade Báphira, que evitou que sua existência fosse completamente extirpada.

Contudo, os poderes élficos utilizados para na contenção do poder de obliteração  de Lareth, que levaram a destruição do Obscuro, foram muito intensos e retardaram que ele pudesse reassumir seu corpo físico por meios próprios.

Proibida pelos demais deuses do Primeiro Círculo, de intervir nos assuntos mortais diretamente, principalmente por Oberon, que se ressentiu profundamente com a divindade, por ter descoberto que havia sido por conta da Senhora das Sombras, o fato de ter perdido tantos elfos, tanto na Batalha da Luz e Sombras, quanto na destruição da primeira Thankester. Dado a esse fato, Lareth teve de se contentar em ser um espírito inferior, por muitos milênios.

shadow-382x600 Estratagema do Obscuro: o Retorno

Lareth se tornou a primeira sombra.

Sendo uma mera sombra sem corpo físico e capacidade de interferir fisicamente no plano material, o Obscuro não representava mais uma ameaça aos povos, pois era uma mera consciência.

Num dado momento, sentiu sua energia sendo atraída e percebeu que uma vibração, vinda dos humanos – até então relativamente novos em Crivon, era a responsável por essa estranha sintonia. Passou então a focar neles – cuja presença, assim como de outras raças e criaturas, que vieram por meio do Cataclismo.

Lareth observou que aqueles seres que julgava primitivos, como vários que havia eliminado no passado, com uma crescente curiosidade. E sentiu que os sentimentos menos nobres e defeitos deles, o faziam  sentir-se bem.

Dez mil anos se passaram, até conseguir reunir forças, e realizar uma grande façanha. Ele conseguiu se manifestar no plano material, tornando-se um minúsculo ser, com a aparência de um inseto.

Era uma criatura meio etérea, meio física, mas de pura energia negativa. Percebeu que aqueles novos habitantes de Crivon tinha uma potencial em suas emoções negativas, pois com elas, eles o estavam alimentando. Foi quando ele descobriu que só havia conseguido criar aquela forma por conta disso, e ao final, ele achou bom.

Com o tempo, notou, que exercia influência sobre aqueles que tinham vontade fraca e passou a incentivá-los, com medo, inveja, ódio e destruição. Povoava seus pesadelos e os levava a cometerem atos malignos, fortalecendo-se com as energias emanadas pelo alvo.

Diabolic_Tutor Estratagema do Obscuro: o Retorno

O Obscuro percebeu que conseguia se manifestar sua vontade através de outros.

Percebeu que se nível de influência em outros lhe permitia realizar feitos físicos através deles e planejou utilizar isso a seu favor. Ele começou a entender que se continuasse naquele caminho, poderia voltar ao mundo, mesmo que não fosse através de seu próprio corpo físico.

Começou a ver em alguns, potencial para se tornarem receptáculos, tudo o que ele precisava fazer, era ter paciência e encontrar um que fosse forte o bastante para conter sua essência, que naquele momento havia tomado uma proporção maior.

O que o Obscuro precisava, era esperar pelo receptáculo apropriado…

Para ver a continuação, clique aqui.

Criação e elaboração: Patrick Nascimento
Fonte de imagens: Internet

Estratagema do Obscuro: o Retorno
Avalie o conteúdo

pinit_fg_en_rect_red_28 Estratagema do Obscuro: o Retorno

Leia Também: