The Dark One’s stratagem: the Lassic’s Empire and the Resistence

Para ver o capítulo anterior, clique aqui.

Lassic-Cetro-Rubi-4-600x520 O Estratagema do Obscuro: O Império de Lassic e a Resistência

Imperador Lassic Cetro Rubi, “o Supremo Senhor de Toran” com seu elmo remodelado.

Força das Trevas sentiu no príncipe uma mórbida semelhança com sua forma primordial (Lareth Athellas) e viu nele a possibilidade criar um sumo sacerdote ideal que remontaria seu culto.

O Obscuro passou a agir como um mentor e instrutor nas artes mágicas para o príncipe Lassic, que sempre lidou com ele trajando seu elmo especial, no intuito de evitar ser influenciado pelo poder da entidade.

Lassic aprendeu muitos rituais e magias, algumas esquecidas a muito tempo ou proibidas pelas escolas de magia de Toran. Aguçado pelos novos poderes que passou a desenvolver e com a grande riqueza que acumulou ao deixar o Labirinto de Tarzemal, sentiu que sua malícia aflorava cada vez mais e pensou que através de um deus – que considerou menor, poderia conseguir algo maior do que a devoção imposta a seus súditos por seu status nobre ou por sua fama como aventureiro de sucesso, assim, Lassic almejou se tornar um deus. Mas para isso, ele precisaria expandir sua rede de influência e poder territorial.

Hanna-Passaleorth-400x600 O Estratagema do Obscuro: O Império de Lassic e a Resistência

A princesa Hanna Passaleorth casou-se com Lassic.

Cetro Rubi casou com a princesa Hanna Passeleorth da poderosa Passeo, sede principal dos reinos que integravam a Liga de Erzurel, anos depois, se tornou Rei dos dois reinos – Passeo e Parolith. A partir daí, começou a empreender a expansão de seus territórios, conseguindo com seu poder dominar quase toda a Mothávia.

Apenas os povos élficos e anões ficaram de lado nesta expansão, pois se mativeram neutros referente aos assuntos humanos. Ao final de 13 anos, conseguiu refundar o Império de Virghária. Sob seu domínio, ele se proclamou como Imperador Lassic I, o Supremo Senhor de Toran.

Conseguiu dominar parcialmente as regiões da Borgstânia, Ariânia, Siânia e decidiu manter relações pacíficas com grande Reino de Brigstone (na Região de mesmo nome) e com o Império do poderosa Faraó Haktumal na Torkânia. Essas duas Regiões representavam uma perigosa ameça a suas táticas expansionistas, pois haviam conseguido atingir grande potencial armamentista e em tropas.

Decretou um império ditatorial, eliminando os grupos de conselheiros imperiais e determinou estado de sítio em todas as cidades partícipes de seu império, com a presença imposta de interventores em todas as suas cercanias, em substituição as lideranças originais – quando estas não lhe eram favoráveis. Mas, por conta de sua mão de ferro, o Supremo Senhor de Toran precisava debelar as crescentes insurreições vindas do povo, e dos grupos que participavam de uma guilda maior conhecida como a Resistência.

A Crença no Obscuro e os Cavaleiros Celestiais

O Imperador Lassic, seguindo as instruções de seu mentor – que até aquele momento havia obtido êxito em auxiliá-lo em sua tarefa megalomaníaca, reinstituiu a Crença ao Obscuro – inicialmente apenas em sua corte e a seus subalternos. Com a expansão de seu império, a instituiu como fé maior a todo seu território. Se proclamou sumo sacerdote da religião.

Apesar de ter uma grande força de vontade e estar protegido pelo Elmo de Lacunian, Lassic havia ficado cada vez mais sombrio, paranoico e sanguinolento contra seus opositores.

PZO9427-Hunter-388x600 O Estratagema do Obscuro: O Império de Lassic e a Resistência

Nesta época surgiram o primeiros caçadores de magos. Fonte: Paizo.

Sabendo que arcanos poderiam ser uma ameaça, recrutou muitos para si e, secretamente, caçou e eliminou todos aqueles que se recursaram ou poderiam constituir séria ameça a sua soberania.

Voltou sua atenção especialmente para os necromantes do Ramo Vital – que lidavam com cura e ressurreição, que quase desapareceram de Toran e converteu muitos necromantes do Ramo Sombrio – que lidam com mortos-vivos.

Com o poder e conhecimento do Obscuro, muitos magos foram transformados em Horrores Arcanos. Seres sinistros, quase etéreos, feitos de sombra e da magia que tinham quando corpóreos, conscientes e muito inteligentes eram altamente perigosos e vis.

horror-arcano7-600x524 O Estratagema do Obscuro: O Império de Lassic e a Resistência

O Horror Arcano era o mais perigoso serviçal de Lassic.

No entanto, diante de toda a sua selvageria e tirania, houveram aqueles que se levantaram e resistiram. Em muitos cantos do Império de Virghária, grupos de rebeldes se ergueram e praticavam boicotes e entravam em conflito armado contras as forças imperiais. Eles se diziam parte de uma guilda maior conhecida como a Resistência.

4a965-nero2blandale2b1-741x1024 O Estratagema do Obscuro: O Império de Lassic e a Resistência

Nero Landale, o espião da Resistência.

Em Parolith, o arcano Nero Landale, o ladino Nakise Solencoberto e sacerdotisa Suelo Hospitaleira, organizaram mais um entre os muitos grupos da Resistência, para se rebelarem e desafiarem a tirania de Lassic no intuito de depô-lo. Seu grupo , era conhecido pela alcunha de Cavaleiros Celestiais.

Nero, havia sido um dos discípulos de Lassic – quando este  ainda era uma aventureiro, e como tinha um raro acesso a sua companhia, devido ao fato de seu pai, o guerreiro Cezar Landale, ter sido colega de aventuras do Imperador no passado, por decisão dos rebeldes foi designado para ir à Passeo, como um espião, para servi-lo e tentar descobrir seus passos, fortalecendo a rede de informações dos rebeldes.

Três anos se passaram, e Nero havia conseguido se manter próximo a Lassic, como seu segundo secretário – para tanto, foi obrigado a fazer e testemunhar atos horrendos. Mas quando o rebelde conseguiu reunir todas as informações, ele desvendou o que realmente estava acontecendo, para sua surpresa e terror.

Para ver a continuação, clique aqui.

Adaptação e elaboração: Patrick Nascimento
Fonte de imagens: internet

O Estratagema do Obscuro: O Império de Lassic e a Resistência
5 (100%) 1 vote

Leia Também: