No dia 02/09/2014, das 20:00 às 23:30 tivemos a nossa 2ª sessão online via plataforma Roll20 com o Grupo 2. Essa sessão é a continuação da A Cidade Perdida de Luckendor, 1ª Parte: Cruzando Myd-Arventhor, sessão I.

Essa foi uma sessão basicamente de combate, muito diferente da primeira. Os heróis enfrentam uma horda de esqueletos guerreiros em um acampamento nas areias de Myd-Arventhor.

Os esqueletos se mostraram desafiadores. A habilidade com as armas e sua resistência eram fora do padrão de esqueletos encontrados em aventuras passadas. Em desvantagem por estarem sem suas armaduras, o bárbaro Eberk e o guerreiro Sean tiveram que contar com toda sua força e habilidade com as armas para vencer os terríveis esqueletos.

Graças as magias ofensivas conjuradas por Krusther, o posicionamento estratégico de Zelot, as canções do bardo Vlendzer e a grande força de combate do grupo, composta por Sean, Eberk, Youssef, Miyu e Cedric, os heróis finalizam os esqueletos.

A sessão termina com o fim do combate.

Arzien_Sessao2-e1475081253690 A Cidade Perdida de Luckendor, 1ª Parte: Cruzando Myd-Arventhor, sessão II

Os heróis vencem os esqueletos guerreiros após um combate acirrado.

Comentários do mestre

Essa foi a primeira sessão de combate no Roll20 e vai ficar para a história. Aprendemos muito nessa sessão. Como se movimentar, rolar dados, fazer macros, sobre iniciativa, sobre perícias, sobre magias, sobre a conexão do Roll20.

Eu particularmente achei tudo muito bom. Por incrível que parece, é mais rápido do que mestrar pessoalmente, mas essa conclusão eu preciso ver melhor com o tempo. O motivo? Porque nos tabuleiros ou mapas de mesa temos que ficar apagando, movimentando, etc. No Roll20 é apenas clicar e rolar macros de ataques. Foi exatamente que eu fiz com os ataques dos esqueletos. Eu fixei o ataque deles em uma barra e linkei uma macro chamando aquele valor. Como cada esqueleto tinha suas estatísticas, então a macro chamava o ataque específico de cada um, toda vez que eu selecionava o seu token.

As facilidades do tabuleiro online são muitas. Logicamente a conexão é algo a se preocupar sempre. Houve momento em que haviam 7 pessoas online, sendo duas não presentes na sessão. Quando elas saíram, parece ter havido melhora. Pelo que eu sei o mestre deve ficar enviando dados e informações ao seus jogadores, através dos servidores da Roll20. Quanto mais gente, mais lento fica..

Que venham as próximas sessões!

A Cidade Perdida de Luckendor, 1ª Parte: Cruzando Myd-Arventhor, sessão II
Avalie o conteúdo

pinit_fg_en_rect_red_28 A Cidade Perdida de Luckendor, 1ª Parte: Cruzando Myd-Arventhor, sessão II

Leia Também: