Liam e seus companheiros viajam para o Plano das Sombras em busca do paradeiro de Hejaz Gorwill, que ficou para trás durante a busca pela Trombeta do Sono. Entretanto, a acontece algo de errado na viagem planar…

Aventura Anterior: “A Maldição de Talundil, 3ª Parte: O Templo da Perdição”

PdJsLiam Lianon

PdMsThorjan Rhunaheim, Selêne VonZyke, Laís Siannodel, Migkayan Belfort e Tarta Auril

Local – Langroth, As Cavernas Infindáveis, Plano das Sombras

Prelúdio

Durante a aventura“A Maldição de Talundil, 2ª Parte: O Caminho das Sombras”, enquanto cruzavam os Charcos Dreckzur em direção a Telvnorr, o mago maligno Vasharn cruzou o caminho dos heróis em busca de uma aliança. Ele daria informações sobre a Trombeta de Talundil em troca de um favor dos heróis.

Vasharn informou aos heróis que a Trombeta de Talundil, a relíquia que os heróis estavam atrás, não se encontrava em Telvnorr, o Templo Maligno de Qellasoth, como imaginavam. A Trombeta estava em posse da bruxa Morbrind, mais especificamente em seu covil, que ficava no Plano das Sombras. Para acessar o Covil de Morbrind era necessário cruzar uma passagem mágica por uma árvore. Essa passagem estaria aberta durante um período do Eclipse Intralunar, entre as luas Alumis e Grunlab e nesse momento, em diversos locais de Arzien, algumas passagens planares para o Plano das Sombras estariam abertas. Seria o momento ideal para chegar até o Covil da Bruxa e recuperar a Trombeta do Sono.

Eclipse Intralunar entre Alumis e Grunlab levaria o momento ideal para o sacrifício de dezenas de pessoas em Telvnorr conforme estava planejando Alassarc, homem-lagarto clérigo de Qellasoth e líder da Seita da Escama Sangrenta. Dessa forma, os heróis não teriam tempo de cruzar a passagem para o Plano das Sombras e ao mesmo tempo impedir o sacrifício humano em Telvnorr. De início os heróis rejeitaram a proposta de Vasharn, porém,  após um dia o eclipse intralunar começou a ter início, frustrando a predição de Selêne VonZyke e Laís Siannodel, que acreditavam que o eclipse intralunar ocorreria um dia a frente. Sem escolhas, os heróis se dividem. Hejaz e Thorjan se juntam a Vasharn para buscar a Trombeta do Sono enquanto os demais partiriam para Telvnorr para impedir o sacrifício de dezenas de inocentes.

Foi assim que Thorjan e Hejaz partiram em uma aventura ao lado de Vasharn. Os herois se reencontraram com Thorjan no final da aventura “A Maldição de Talundil, 3ª Parte: O Templo da Perdição”, porem. O anão havia regressado do Plano das Sombras com a Trombeta sem Hejaz.

Thorjan conta que no momento em que encontraram a Trombeta do Sono no tesouro da bruxa, antes de enfrentarem Morbrind, o mago Vasharn estava interessado em outro item, uma espécie de coroa ou tiara. Segundo o anão, Hejaz havia percebido que esse item carregava algum mal.

Apos terem resgatado os tesouros,  ele e Hejaz tiveram que enfrentar Vasharn após derrotar a bruxa Morbrind em outro salão. Vasharn tentou impedir que eles regressassem para o Plano Material  com a Trombeta de Talundil através de um espelho mágico. Contudo, Hejaz deu cobertura a Thorjan, o permitindo escapar. Foi assim que o anão chegou a Telvnorr, local onde havia outro espelho que permitia a conexão entre os planos.

Viagem ao Plano das Sombras

Para que pudessem ir diretamente ao local onde Thorjan Rhunaheim deixou Hejaz pela última vez, os Vigilantes da Montanha Azul ajudaram a restaurar os fragmentos de um espelho mágico encontrado em Telvnorr. Entretanto, ao invés de aparecerem no Covil de Morbrind, algo sai errado e os heróis aparecem em Langroth, as Cavernas Infindáveis!

Durante a aventura em Langroth, os 6 heróis apareceram em 3 duplas e cada um dos membros portava um pedaço do espelho. A medida que exploravam as cavernas encontraram as demais duplas e os desafios aumentavam.

A dupla Liam e Tarta tiveram que vencer perigosos desafios, tais como orcs sombrios, um mantor, armadilhas, mastins das sombras e ate um górgon!

Conclusão

Os heróis conseguem se reunir e descobrem que os pedaços dos espelho magico que cada um carregava deveriam ser reunidos, formando um pedaço homogêneo. Com esse fragmento maior do espelho, a magia de transporte planar iniciada na Montanha Azul pôde se concluir, levando os heróis para o Covil de Morbrind.

Aventura Posterior: “No Rastro da Luz, 2ª Parte: O Bosque da Penumbra”

Arzien_Espelho_Langroth-e1475070084342 No Rastro da Luz, 1ª Parte: Fuga de Langroth

O espelho magico que ligava o Covil de Morbrind a Telvnorr havia sido restaurado. Entretanto, algo deu errado e o espelho se partiu quando os heróis tentaram retornar ao Plano das Sombras.

Arzien_Orcs_Sombrios No Rastro da Luz, 1ª Parte: Fuga de Langroth

Orcs Sombrios – raça de orcs do Plano das Sombras encontrados em Langroth.

No Rastro da Luz, 1ª Parte: Fuga de Langroth
Avalie o conteúdo

pinit_fg_en_rect_red_28 No Rastro da Luz, 1ª Parte: Fuga de Langroth

Leia Também: