Orbe dos Dragões

Cenários, Aventuras e Sistemas de RPG

Aventuras em Greyhawk, Greyhawk

Memórias de um Renascido

Enquanto cavalgava pelos relevos sinuosos do Abbor-Alz, Rathnar conversa com Kahin-Kahil sobre o seu passado. Diante de um esforço para se recordar de trechos de suas ultimas aventuras, o elfo conta para o unicórnio o momento que havia desperto em uma cidade.

Naquela ocasião, Rathnar não se lembrava de nada que havia acontecido em seus últimos momentos como Karni’Athi. Ele não sabia que fazia parte de um maligno plano para libertar o liche Anakrael.

Greyhawk_Aberain-Melquisedec-Anacrael Memórias de um Renascido

Possível Pintura representando Anacrael, por Rui Penafênix, em 487 CY

– Não me lembro de nada.

Esta foi a simples e direta frase dita pelo elfo ruivo para o homem de cabelos negros lisos a sua frente, que o observa com um olhar profundo e um pouco incrédulo. Após alguns segundos, ele responde:

– Infelizmente não posso te contar nada. Devo admitir que gostaria muito de saber o que houve com você, Rathnar. Entretanto, diante dos desígnios de Corellon Larethian, nada posso fazer. Que a vontade do mesmo se faça – fala o homem observando a bela elfa de cabelos alaranjados que permanece ao lado, em pé, ouvindo a conversa.

Rathnar, que achava que iria desvendar o seu passado após ser informado que um conhecido havia chegado na cidade a pouco tempo, diz, também olhando de soslaio para a elfa, que apenas observa serenamente o diálogo:

-Apesar de não lembrar do meu passado, você me é familiar. Kalin Orochi, este é o seu nome, não?

-Sim – responde o homem.

– Entendo o que você dizer. Se para desvendar o que houve ontem, eu precisarei desbravar o meu amanhã, que este seja meu destino. Corellon Larethian me abençoará nas batalhas que hão de vir, pois eu não fugirei delas.

Kalin Orochi observa Rathnar com um olhar de admiração e respeito. Ele se levanta e estende a mão ao elfo – que também se levanta – e diz:

– Rathnar, posso ver em seus olhos que continua o mesmo corajoso e impetuoso guerreiro que sempre foi. Posso ver que está mais responsável e possui mais fé no que acredita. Estou orgulhoso de você. Saiba que só depende do momento certo você para lembrar das aventuras que passou, que não foram poucas. E quando este momento chegar, certamente iremos nos ver novamente, Campeão de Corellon Larethian.
Rathnar fita o homem, e aperta a sua mão, dizendo:

– Pretende ficar muito tempo na cidade, Kalin ?

– Por algum tempo. Muita coisa aconteceu. Não se preocupe, Pêlor o Radiante nos guiará e vai permitir nos ver novamente. Fique em paz Rathnar, e aproveite o seu descanso, pois certamente ele não vai durar muito.

Kalin dá um abraço em Rathnar, que meio sem jeito, também o abraça. Em seguida se despede da elfa, abaixando a cabeça como um gesto de agradecimento. Rathnar o observa por algum tempo, partindo em um cavalo, ao longe nas fazendas.

A elfa toca, serenamente, o ombro do elfo de cabelos de fogo. Rathnar observa o horizonte e, apesar de estar seguro em si, tenta forçar sua mente para se recordar do passado.

Em vão.

Suas memórias não passam de um vazio, desde que despertou em Seltarem.

..

Memórias de um Renascido
Avalie o conteúdo

pinit_fg_en_rect_red_28 Memórias de um Renascido

Leia Também:

1 Comment

  1. Um dos personagens mais marcantes de Greyhawk, Rathnar tem um destino intrincado e grandioso, ele não sabe, mas sua raça depende demais de sua firmeza e temperança…

Leave a Reply

Theme by Anders Norén