Greyhawk_AlAkbar Al´Akbar

Símbolo de Al´Akbar

Alguns dias após a Invocação Devastadora ter sido conjurada Al’Akbar (al-áqui-bá) , surgiu com forte proeminência, uma divindade despertada pelos Paynims com objetivo de restaurar o povo Bakluní segundo o caminho da justiça e dignidade. O símbolo de Al’Akbar é um lendário Talismã em forma de estrela que recebe o seu nome. Al’Akbar ensinou que a verdadeira fé deve incluir a devoção aos deuses, a proteção da comunidade e a orientação dos fiéis. Ele promoveu a construção de sua mesquita e permitiu que seus seguidores invocassem seu nome neste local, além de adorar a outros deuses logo após ter sido incluído no panteão dos deuses, embora ele continue a ser um semideus. Seu símbolo é a imagem de uma taça e o Talismã de Al’Akbar.

Ser como um vaso de bondade e um emblema de devoção, tanto com justiça como com firme misericórdia, esses são os maiores dogmas de Al’Akbar. A infidelidade e ignorância devem ser evitadas, atenção aos seus superiores e denotar clara sabedoria e orientação. Seus clérigos incitam sempre que os fiéis se esforcem em cultivar a semente do bem no solo que é seu por direito e que assim serão recebidos no Jardim de Al’Akbar. A fé de Al’Akbar domina a cultura Bakluni com seu senso de comunidade e decoro. Eles ensinam a língua antiga através da poesia, que geralmente estão em sintonia com outras religiões que utilizam da linguagem clássica em suas liturgias.

Dois ramos históricos divisam a fé em Al’Akbar. O primeiro são os seguidores da Fé Poderosa que reconhecem a supremacia do califa (Governante de Ekbir). Eles são mestres da retórica e da diplomacia. O segundo ramo é composto pelos seguidores da Verdadeira Fé, que atendem a autoridade do Grande Mufti do Yatils. Eles são mais fundamentalistas e enfatizam o trabalho duro com um discurso sobre clareza e obediência. Outros ramos ainda existem entre os dervixes Paynim. Os sacerdotes da Fé Poderosa ostentam o título de “qadi”, e tendem a legalidade (tendências: bom e neutro bom). Os clérigos da Fé Verdadeira são chamados “mulás”e favorecem o leal e neutro. Ambos os tipos ocupam cargos de ministros, juízes, acadêmicos e professores, além de servir como curandeiros, conselheiros e encarregados da educação militar. Os rituais a Al’Akbar podem ser feitos ao amanhecer ou ao anoitecer.

Título: O alto restaurador, O Sacerdote da justiça
Plano: Material
Origem: Bakluni
Tendência: LB
Aspectos: Tutela, Fidelidade, Dignidade e Dever
Domínios: Bem, Ordem e Proteção
Aliados: –
Superior: Al´Zarad (Boccob)
Inimigos: –
Arma: Cimitarra

Quer conhecer mais sobre o cenário de campanha de Greyhawk? Clique Aqui.

Al´Akbar
Avalie o conteúdo

pinit_fg_en_rect_red_28 Al´Akbar

Leia Também: