A REGRA DO 12:

Sempre que o uso de uma vantagem racial depender de um sucesso em um teste de determinado Atributo, o personagem deverá levar em consideração o seu próprio nível individual nesse Atributo ou 12, o que for maior, desde que a média racial do atributo seja inferior à 12.

Exemplo: Noção do Perigo exige um sucesso em um teste de IQ para ser ativada. Se determinada raça possui tal vantagem mas a média racial do Atributo em questão é igual a 9, os testes serão feitos contra 12 ou a IQ particular do indivíduo, o que for maior. Entretanto, um indivíduo de IQ 11 pertencente à uma raça cuja média do IQ seja 15 fará seus testes contra 11 – seus membros perderam sua proficiência instintiva quando a média racial de IQ foi elevada para além de 12.

GURPS True High Fantasy – Capítulo I – A Regra do 12
Avalie o conteúdo

pinit_fg_en_rect_red_28 GURPS True High Fantasy - Capítulo I - A Regra do 12

Leia Também: