A MÁGICA

Existem muitas respostas diferentes para a pergunta “o que é a mágica?”. Uns a conceituam como arte, verdadeiro instrumento de expressão da alma do mago. Para outros, a magia é uma ferramenta poderosa, que deve ser manuseada com cautela. Os mais intolerantes a enxergam como algo intrinsecamente maligno, com base na máxima de que “o poder corrompe”. Por fim, seitas e cultos costumam afirmar que a mágica é fruto da vontade dos deuses e/ou de entidades obscuras, a qual nos devemos nos submeter.

Entretanto, há um relativo consenso acerca do fato de que as operações mágicas são alimentadas pelo Mana, uma energia que parece permear toda a realidade, como se fosse um dos tijolos utilizados na criação do Universo. Está em tudo e em todos, embora casos excepcionais de sua ausência já tenham sido catalogados.

Logo, é possível afirmar que a mágica nada mais é do que a arte (para uns) ou o método (para outros) de manipular o fluxo do Mana através de certas formas e padrões, com o intuito de alcançar determinado resultado.

Embora amplamente estudado e debatido, o Mana continua se mostrando uma força cósmica inescrutável. Boa parte do que os magos dizem saber sobre ele é pura especulação, principalmente no que diz respeito às suas origens e real natureza.

GURPS True High Fantasy – Capítulo II – A Mágica
Avalie o conteúdo

pinit_fg_en_rect_red_28 GURPS True High Fantasy - Capítulo II - A Mágica

Leia Também: