Orbe dos Dragões

Cenários, Aventuras e Sistemas de RPG

Greyhawk, Heróis de Greyhawk

Rathnar das Lâminas Ardentes

Rathnar Selfanar

Pertencente a vanguarda de heróis de Flannaes, membro do extinto grupo dos Campeões de Versis, Rathnar é um elfo originário da Floresta da Sombra Negra, outrora conhecida como Celadon. Natural do reino decaído de Demesnes, lar de outrora os altos elfos da floresta. Um povo pacífico e inteligente que tinha na floresta seu mais forte laço. Rathnar é membro da Família Selfanar, uma das cinco famílias élficas de Demesnes: Os Mestres do Conhecimento Aeshiar, Mestres da Magia Elisians, Os Diplomáticos Selfanar e os Guardiões das Tradições – Golenar.

As histórias que permeiam esse herói são inúmeras, quase incontáveis, ele juntamente com Hadauck, David e Riore, desbravaram o sul do Ducado Paladínico de Urnst, heróis de Pontyrel, desbravadores das perigosas montanhas do Abbor-Alz, livrou a cidade sulista de Pontylver de uma praga de ratos que ameaçou a população a morte por uma doença mágica, vencedor da masmorra O Túmulo de Tamoreus, caminhou com os inescrupulosos membros da Aurora de Mord. Em muitas de suas fases, Rathnar, já foi alto elfo a serviço diplomático da vila Rota em Celadon, morto-vivo amaldiçoado pelo peitoral de Melquisedec ainda nas ruínas de Tamoreus, curado pelo sacrifício do Dragão Versis e hoje Campeão de Corellon Larethian.

São muitas as histórias que trilhou os caminhos desse Paladino dos Elfos e hoje sua missão se divide em duas partes: Levar ao exílio os drows de Sirrel Dramascan e trazer o verde natural que abateu as folhas da grandiosa floresta de Celadon. Rathnar é o Raelar (General) dos elfos e protetor da Aranéli (princesa) dos Altos elfos de Demesnes, Lady Thaumiel, filha de Ye´Cind Rainha de todos os elfos do Sul. Dizem as lendas que Rathnar é um Guerreiro Espadachim e Campeão de Corellon indisputável e imortal, pois diversas foram suas passagens de ida e volta do mundo dos mortos…

Greyhawk_Rathnar Rathnar das Lâminas Ardentes

Rathnar Selfanar, Rathnar das Lâminas Ardentes

Essa lenda viva habita em algum lugar da Floresta da Sombra Negra…

Filho de Ertyl Selfanar e de Krisyn Selfanar, Rathnar foi um dos mais habilidosos da sua raça, desde criança sempre teve extrema habilidade, força e inteligência, o garoto se destacava entre os demais.

A criança de cabelos flamejantes trouxe grande alegria aos pais por ser o único filho do casal. Seu pai sempre foi um mercador rico e líder do Clã Selfanar, um dos quatro mais importantes da Floresta Celadon. Os Selfanar sempre foram responsáveis pelo comércio e diplomacia, por aproximar os elfos ao restante das outras civilizações, estreitando laços entre os humanos. Devido a isso, Ertyl Selfanar se tornou bastante importante e toda o Clã prosperou.

Rathnar sempre foi criado entre a nobreza de Celadon, todos acreditavam que o filho de Ertyl fora abençoado e que ele seria um sucessor do pai na política e no comércio. A infância de Rathnar foi rodeada de conforto, seus pais sempre o mimaram demais, mas desde cedo ele demonstrava um temperamento difícil. Rathnar sempre foi curioso, corajoso e não perdia oportunidades de espiar as conversações do pai, ou bisbilhotar os seus negócios, por ser muito ágil, o garoto se destacou dos demais elfos rapidamente, e isso atraiu a atenção de alguns.

Em certo dia, quando Rathnar estava com 64 anos, ele assistiu pela primeira vez uma luta, um duelo entre dois espadachins Aeshir, guerreiros muito habilidosos que portavam armas muito bonitas e leves, as famosas Lâminas Élficas. Rathnar ficou maravilhado com a apresentação que mais parecia um teatro do que uma luta, desse dia em diante o garoto sonhava em se tornar um guerreiro da Rosa Celeste, se tornar um Espadachim Elfo.

Aos 85 anos, Rathnar iniciou seu treinamento pela esgrima, mas conhecida entre os elfos de “Rosa Celeste”, uma arte de combate que visa à perfeição de golpes habilidosos e muito belos, se utilizando de armas e armaduras leves. Foi um dos melhores alunos de Laeril “Enevoado” Aeshir, um grande amigo dos Selfanar, que com a insistência do jovem de cabelos vermelhos, teve permissão de ensiná-lo a lutar. A Arte da Rosa Celeste é mais praticada entre os membros do Clã Aeshir e Golenar, sendo os primeiros os responsáveis por trazerem essas técnicas para os elfos de Celadon.

A Arte da Rosa Celeste personifica a harmonia, liberdade, beleza e perfeição, os espadachins elfos são temidos por serem os únicos a conseguirem a manipular a Lâmina Élfica, uma espada tão bela, leve e mortal que dizem ter sido a verdadeira espada de Corellon Larethian.

Rathnar após o longo e extenso treinamento se tornou enfim, um iniciado espadachim, recebendo o título de Lamina Ardente. Ele havia percebido que não havia nascido para seguir o ramo do pai, e tentou varias vezes deixar o seu manto protetor, um elfo ambicioso e que visa aumentar ainda mais o poder dos Selfanar, que junto com os Aeshir são os Clãs mais respeitados de Celadon.

Rathnar, “o ruivo”, “cabelos de fogo”, e agora “Lâmina Ardente”, sempre quis conquistar o mundo, viajar, se tornar um grande aventureiro. As histórias de Laeril sobre o mundo lá fora encantaram o jovem elfo, a ânsia de viajar e conquistar riquezas e glória sempre tocou o seu coração. Rathnar acredita que nasceu para ser herói e não um nobre, e por isso que não medirá as conseqüências para ir de contra as ordens de Ertyl.

Sua mãe sempre foi preocupada com suas ações, mas sempre o protegeu do seu pai. Recentemente Rathnar decidiu abandonar sua cidade natal e os desígnios da família e resolveu viajar, um desejo que ele sempre quis, mas que nunca o teria se morasse na Mansão Selfanar, um dos locais mais luxuosos de Celadon.

Foi assim que o elfo de cabelos vermelhos iniciou sua vida de aventureiro nas terras do Ducado de Urnst e arredores da Floreta Celadon.

Greyhawk_RathnarToken Rathnar das Lâminas Ardentes

Rathnar Raelar dos Elfos

Rathnar em Pathfinder

Com a mudança do sistema de D&D 3.5 para Pathfinder, Rathnar passa a adotar o Kukri como sua arma predileta. Pequeno, ágil e mortal, o kukri é a substituição perfeita para o alto-elfo, que utilizava a Lâmina Élfica como arma em D&D 3.5 (uma arma exótica de 1d8 de dado e crítico 18-20/x2).

Rathnar também deixou de ser Duelista/Guerreiro/Campeão de Corellon Larethian. Ele passa ser puramente Guerreiro, o que aprimorou drasticamente suas habilidades combativas (muito mais talentos e sem a necessidade de cumprir com os pré-requisitos de Campeão de Corellon).

Quer conhecer mais sobre o cenário de campanha de Greyhawk? Clique Aqui.

Rathnar das Lâminas Ardentes
Avalie o conteúdo

pinit_fg_en_rect_red_28 Rathnar das Lâminas Ardentes

Leia Também:

5 Comments

  1. Poxa… Que estória empolgante. Haveria uma remota possibilidade de recrutarmos essa lenda sem grupo, para fazer incursões com os Cavaleiros da Aurora Reluzente ou quem sabe ser mais uma contratação de peso, DM Brunus? Quanto esta seu passe Rathanar? No aguardo.

  2. Rathnar tem muita coisa pra resolver em Celadon e no Ducado de Urnst. Furyondy não esta nos seus planos atuais…mas…tudo pode mudar.

  3. Rathnar possui um grande compromisso para com a Floresta da Sombra Negra e com seu reino. E muita coisa importante está em jogo, não apenas em Celadon…

  4. Chegamos em 2015!

    Mal posso esperar para iniciar as aventuras de Rathnar pós ressurreição.

Leave a Reply

Theme by Anders Norén