Orbe dos Dragões

Cenários, Aventuras e Sistemas de RPG

Crivon, Heróis de Crivon

Heróis de Crivon: Johan

Unknown001037-388x600 Heróis de Crivon: Johan

Johan Drakovitch.

Jogador: Maurício Guimarães

Johan Drakovitch foi um guerreiro herói do final da V Era de Crivon (a Era dos Heróis), jogado por Maurício Guimarães, que em conjunto com o elfo dourado Dargon (guerreiro/mago), o guerreiro Dalter Clant (motaviano), o clérigo Lancelot Tasselroff (ariano) e o ladino Key (sianês), formaram os primeiros personagens do mundo de Crivon Toran, antes mesmo do cenário vir a ter esse nome ou tomar uma configuração mais sóbria.

De origem borgon, proveniente do Reino de Broadsword, era um guerreiro andarilho e devido a sua grande habilidade combativa foi contratado como guarda costas pelo nefário mago Zanzer Then, um próspero comerciante de pedras e minerais preciosos, que ocultamente mantinha uma outra profissão, a de escravagista, pois era um traficante de escravos e um dos líderes da obscura confraria da Serpente Azul.

Ao descobrir os negócios escusos do arcano, dada sua natureza benevolente, rebelou-se contra ele tentando libertar os escravos, mas foi derrotado, tornando-se um de seus últimos prisioneiros na secreta mina sob sua distante propriedade nas colinas.

Dentro da masmorra do oculto escravagista, em conjunto com aqueles que viriam a integrar o primeiro grupo de personagens do jogo, conseguiu se libertar, combateu ferrenhamente os asseclas do mago, em conjunto com seus novos aliados, elaborou uma robusta resistência dentro das grandes galerias de mineração e durante 2 dias conseguiram não só debelar sua fuga, como também eliminaram a maior parte da infantaria do mago e por fim, num derradeiro esforço dramático, conseguiram eliminar Zanzer, libertando assim todos os prisioneiros e desbaratando o grupo da Serpente, no entanto o ladino sumiu misteriosamente e nunca mais foi visto, gerando muitas especulações e estórias sinistras.

Greyhawk_Sauber-Benelovoice Heróis de Crivon: Johan

Zanzer Then foi empregador de Johan.

Tempos depois participou de muitas outras aventuras com seus companheiros, algumas vezes como mercenário contratado, outras de forma altruística, derrotando bandidos, libertando vilas do julgo de monstros ou tiranos e, esporadicamente, matando dragões.

Uma de suas aventuras mais notáveis fora, em conjunto com seus aliados, participado da primeira parte da missão que consistia em reunir o Disco dos Três, um poderoso artefato de arremesso, elaborado pelos deuses da ordem, neutralidade e caos para deter uma poderosa entidade, um arque demônio, que poderia por fim a toda a realidade como a conheciam. Entretanto durante a missão uma tragédia ocorreu entre os integrantes do grupo, o que os levou a não só abandonarem a missão, como os separou para sempre.

crivon-disco-dos-tres Heróis de Crivon: Johan

O mítico Disco dos Três, que une cargas cósmicas da ordem, da neutralidade e do caos.

Passou a dedicar sua vida a ajudar os mais necessitados, sempre agindo em parceria com o clérigo Lancelot. No entanto, durante a missão que consistia em derrotar um antigo clérigo de Magnus que havia se tornado um poderoso Lorde Vampiro, foi derrotado e morto pela criatura, que ao final também foi destruída pelo sacerdote Lancelot, que também morreu no processo.

Relacionamento com membros do grupo:

Tinha um bom relacionamento com todos os membros do grupo, inclusive com o guerreiro Dalter Clant, com que rivalizava em força e habilidades combativas.

Mestre em armas:

  1. Em seu histórico é dito que foi treinado por seu pai Valdir Drakovitch, chefe de uma respeitável família de guerreiros de Broadsword.

Principais inimigos:

  1. Lorde Dimitri Romulov, vampiro;
  2. Sosserandron o Dragão Branco;

Romances:
Além da aventura e dos combates, o compenetrado guerreiro não teve romances duradouros em sua passagem por Toran, apenas flertes e casos passageiros pelas tavernas por onde passava.

Equipamentos mais relevantes:

  1. Lâmina do Guerreiro – essa poderosa espada, detinha uma grande habilidade que fortalecia os ataques de seu portador;
  2. Botas Élficas – essas botas tinha a incrível capacidade de silenciar os movimentos de seu portador, o que para um guerreiro que utilizava armaduras pesadas e barulhentas, era uma grande vantagem.

Principais feitos: 

  1. Membro fundador do primeiro grupo de personagens de Crivon Toran;
  2. Desbaratou o esquema do nefário Zanzer Then e da guilda da Serpente Azul;
  3. Deu início a saga que reuniu o Disco dos Três;
  4. Participou da derrota do dragão branco Sosserantharn;
  5. Participou da derrota do dragão negro Nearissbrath;

Paradeiro – o guerreiro foi morto na missão para derrotar o poderoso lorde vampiro Dimitri Romulov, ex-alto clérigo do deus da guerra, não sendo revivido, uma vez que o todos os membros de sua comitiva foram mortos durante a missão. Alguns ousam alegar que o herói teria se tornado um lorde vampiro chamado Drakmoon, sucumbido as trevas. Mas até onde isso é verdade ou especulação, ninguém sabe.

ea51c11b5ce846ba165790731a8706ff-450x600 Heróis de Crivon: Johan

Dimitri assassinou Johan durante a missão para destruí-lo.

Era de existência: V
Terra Natal: Broadsword
Etnia: borgon
Gênero: masculino
Idade: 25
Descendentes:

Johan-Dracovitch-600x532 Heróis de Crivon: Johan

Esboço sobre Johan Dracovitch, por Maurício Guimarães.

Elaboração: Maurício Guimarães e Patrick Nascimento
Fonte de imagens: acervo pessoal e internet

Heróis de Crivon: Johan
5 (100%) 1 vote

pinit_fg_en_rect_red_28 Heróis de Crivon: Johan

Leia Também:

2 Comments

  1. Os primeiros heróis forjando o cenário de Crivon Toran. Certamente deveriam entrar para o Hall dos Heróis desse cenário de fantasia.

  2. De que adianta uma boa estória, um bom jogo e um bom mestre sem bons jogadores? Nada, eu respondo… Citação do DM Patrick

    Maurício foi um dos primeiros jogadores do RPG de Itapuã, a muitas eras atrás. Primeiro ele, em conjunto com Micke, Shin e Uendel, venceram todas as missões do jogo Hero Quest, desbaratando todos os mapas. Quando comprei o jogo Dungeons & Dragons, ele veio integrar o primeiro grupo de Crivon Toran, com Johan. Interpretou um guerreiro de espírito nobre, com ares de honrado gladiador, que buscava ajudar a todos, um típico heróis clássico.

    Lembro que ele, entusiasta de ideias novas, acabava sendo meu pré-teste preferido para testar novas regras, classes de personagens, raças, fazendo um “homem gafanhoto” espadachim, um halfling na pegada do Senhor do Anéis (sendo um dos primeiros a ler o livro, na década de 90) e por fim fez o trio Andrey, Roxane e Pietro, beneficiando-se de uma regra que estava criando, onde relacionava carisma a um número de aliados que o pj ganharia.

    Mau, apesar da distância e atual ritmo de vida em que se encontra no exterior, garantiu seu espaço em Crivon Toran, mantendo para si uma cadeira cativa para o dia em que ele quiser voltar a jogar conosco.

    Bons tempos, velho amigo.

Leave a Reply

Theme by Anders Norén