Orbe dos Dragões

Cenários, Aventuras e Sistemas de RPG

Aventuras em Crivon, Crivon

Aventura CaLuCe: Plano revelado

Para ver o capítulo anterior, clique aqui.

Após terem atravessado o estranho portal, lentamente cada um deles tomou consciência de sua chegada num ambiente que lhes pareceu o coração das Ruínas Flograthi.

fantlocberringercrater-600x172 Aventura CaLuCe: Plano revelado

Eles estavam no interior da estranha cratera.

Estavam num terreno estéril, com emanações elementais conflitantes. O chão era rochoso e arenoso, a sensação era de abafamento, como se o ar tivesse sido aprisionado ali e nunca saído.

No centro da grande cratera, havia uma fogueira cujas chamas, na tonalidade azul pareciam ter força suficiente para iluminarem todo o lugar, no interior da fogueira o grupo viu uma espada finamente trabalhada, ao lado dela havia uma tumba feita em pedra e esculpida com muitas runas élficas, no tampo, a imagem de um majestoso elfo havia sido esculpida – era a figura de Gelderan.

Aos pés da tumba, uma pilha de ossos e um esqueleto parcialmente destruído, trajando uma conservada armadura prateada com muitas gemas decorando sua estrutura, jaziam no local.

Próximo ao esqueleto e ao lado da fogueira, um hobgoblin trajando mantos parecia ser aquele que entoava a ladainha, que havia despertado a chama.

Na chegada dos heróis ele parecia ter terminado sua prece e olhada na direção da única área não iluminada do local, de onde veio uma poderosa voz, que disse:

– Maldição! Não consigo me aproximar da espada. Pegue-a Quishant! Traga-a para mim!

Ao perceber a chegada dos heróis ele disse, das sombras, saiu o som de um riso de deboche, em seguida a criatura em seu interior declarou:

– Gelderan falhou novamente! Principalmente em enviar vocês para deterem meu estratagema. Novamente de posse de minha espada, eu terei o poder para tornar Toran uma extensão do Abismo – a criatura fez uma breve pausa, como se tivesse se surpreendido com o que acabara de dizer, continuando. – Agora entendo o porquê de ter sido enviado nessa missão… Somente os envolvidos na Desolação Flograthi poderiam saber a verdade. E se a Espada Dimensional me pertenceu, então eu sou…

Subitamente, ocorreu uma pequena explosão há poucos metros próximos da escuridão, onde um círculo de fogo se formou.

circulo-em-chamas Aventura CaLuCe: Plano revelado

Um demoníaco círculo de fogo surgiu.

De seu interior, era possível ver apenas o olho fendido de alguma criatura que os observava de outra dimensão. O som de sua gargalhada horripilante escoou pela cratera, e sua poderosa voz foi ouvida em seguida, dizendo:

– Meus parabéns Sombra da Morte! – disse a voz em tom de deboche – Agora você descobriu o real motivo de ter lhe enviado nessa missão. Foi através de meu poder, que pude influenciar o fraco diabo de espinhos – que havia sido atingido pela dor de um golpe poderoso, para erra na conjuração e trazê-lo ao Plano Material. Mas vejo que os milênios de dor, sofrimento e transformações que lhe infringi não foram maiores do que seu orgulho. Uma vez que trouxe ao povo élfico, que tanto odiava, tamanha dor e sofrimento, ao morrer, você veio cair direto em minhas mãos. Agora, você irá completar sua missão, pois eu sei que existe algo maior do que seu orgulho, e é o medo que você tem de minha ira, pois se você fracassar e for destruído, voltará para as minhas garras! Pois você me pertence, Shaider Arull! Agora pegue a Espada Dimensional e me traga para o Plano de Crivon, para que eu mostre aos mortais daí as mil e uma formas de sentir dor! O que você tem a dizer a seu mestre Sluguel, Sombra da Morte?

Um breve silencio se formou logo após os dizeres do Senhor da Dor, em seguida, de forma tímida, a voz vinda das trevas proferiu, numa voz ouvida nas mentes de todos os presentes:

– Que a vontade do Senhor da Dor seja cumprida! Pois eu ouço e obedeço a Sluguel!

Subitamente, as trevas se dissiparam com velocidade, revelando aos presentes uma criatura horripilante.

Era um grande ser com quatro braços, um par deles era grande e humanoide e o outro par, era maior e cada um terminava em poderosas pinças, dois chifres coroavam a cabeça, enquanto prolongamentos de osso se projetavam de sua espinha e ombros, olhos brilhavam exibindo inteligência, malícia e crueldade.

sombra-da-morte-250px-Bezilak Aventura CaLuCe: Plano revelado

Sombra da Morte revelou sua verdadeira forma para os heróis.

Num de seus braços com mãos estava um bastão de prata, com três gemas laranjas, no topo, tinham o formato de um crânio com asas de morcego em suas laterais.

O que mais o tornava a criatura mais aterradora para Markin, foi o colar que ostentava, pois ele continha as cabeças dos três elfos que haviam estado com o alto elfo na primeira vez que haviam confrontado o corruptor. Aquela visão deixou Tinthalion perturbado, num misto de tristeza e receio.

O hobgoblin, pareceu que iria tocar no cabo da espada e se preparava para puxá-la para si, mas pareceu vacilar enquanto olhava para a pilha de ossos de Shaider Arull.

espada-dimensional-600x522 Aventura CaLuCe: Plano revelado

A misteriosa Espada Dimensional jazia no círculo de fogo que havia no chão.

Finalmente o estratagema de Sombra da Morte fora revelado, mas no íntimo de cada uma dos heróis, isso significava que um combate titânico estava para começar e o tempo estava correndo contra eles.

Para ver a continuação, clique aqui.

Criação e elaboração: Patrick, Aharon Gonçalves, Bruno Gonçalves, Bruno Santos, Diogo Borges.
Fontes de imagens: internet
Autoria da imagem da capa do artigo: Shin

Aventura CaLuCe: Plano revelado
5 (100%) 2 votes

pinit_fg_en_rect_red_28 Aventura CaLuCe: Plano revelado

Leia Também:

1 Comment

  1. Uma aventura intrincada, complexa e rica em detalhes.

    Ansioso pelas cenas dos próximos capítulos!

Leave a Reply

Theme by Anders Norén