Harsk é um anão nada ortodoxo, a escolha de um anão para o Ranger icônico, uma classe normalmente ligada a raças mais silvestres, como elfos ou humanos (eles podem quase tudo) é uma escolha interessante e ousada frente a outras mais conservadoras. O Ranger icônico foi anunciado no blog da paizo no dia 20 de Novembro de 2007 como personagem jogável na campanha A Maldição do Trono Escarlate. Harsk também acompanha Seoni, Valeros, Merisiel, Kyra e Ezren inicialmente servindo de guia em Mosswood nos quadrinhos oficias Pathfinder da Dynamite/Paizo. Texto original de James Sutter.

Tradução:
Fred Torres
Publicação: Fred Torres


Nem todo anão nasceu para as minas. Em sua juventude, Harsk passava todo tempo livre que tinha sob os vastos céus do sudoeste varisiano, era particularmente chegado à noite, período em que sua visão aguçada o transformava num caçador implacável. Apesar de em geral indiferente a tradição familiar da ferraria, aprendeu o suficiente para construir para si sua besta. Uma arma pesada e bastante precisa, que poucos tem condições de manusear. À companhia dos seus, prefere a som das árvores e folhas ao vento, enquanto poucas coisas o deixam mais feliz que subir num galho alto com sua arma e esperar um veado ou outra presa incauta aparecer.

Você não me conhece tão bem assim, então eu vou perdoar sua pergunta idiota, Ez. Eu não minto e eu não desperdiço meu tempo.

(Resposta de Harsk a Ezren em Mosswood. Pathfider Vol 1 #3)

Tudo mudou há vinte anos, quando seu irmão mais velho, um renomado capitão chamado Sigur, partiu de Janderhoff liderando um destacamento de anões no intuito de interceptar um bando de gigantes que teriam descido as Montanhas Giramente para pilhar de destruir. Por amor fraterno, Sigur ofereceu a seu irmão menos experiente um lugar no destacamento como batedor chefe e segundo em comando. Com a costumeira tranquilidade, Harsk rejeitou a oferta, só percebendo a honra que lhe fora oferecida dias mais tarde. Arrependido, Harsk viajou o mais rápido que pode até encontrar o destacamento, mas não chegou a tempo de evitar o desastre. Sigur havia levado os anões para uma armadilha, o destacamento falhou em estimar o tamanho a experiência do bando de gigantes e foram massacrados.

Harsk_Statblock-100-113x200 Harsk, o Anão Ranger

Enlouquecido de ódio, Harsk rastreou os gigantes até uma clareira e como um espírito da vingança iniciou o ataque aos gigantes. A cada abate, dissolvia-se na mata e reaparecia para dar cabo da próxima vítima. Depois que o último gigante foi deixado engasgando em seu próprio sangue, Harsk apanhou o machado de seu irmão e jurou ser para sempre a voz da justiça nas selvas, mantendo o equilíbrio e nunca permitindo que homens de valor como seu irmão perdessem a vida daquela forma.

Como a maioria dos anões, Harsk é rude e taciturno, mas é aí que param suas semelhanças com sua raça. solitário, ele prefere a companhia da natureza e a vida ao ar livre, ocasionalmente viajando  com companheiros desde que seus objetivos convirjam. O chá substitui a cerveja no gosto de Harsk que toma grandes quantidades das infusões para manter seus sentidos afiados. Muito embora nunca se separe do machado de seu irmão, Harsk o empunha apenas como último recurso, pois sabe que seu forte está na caça e nos virotes que atira das sombras.

A próximo Icônico será Seelah, a Redentora.

Fred Torres

Harsk, o Anão Ranger
5 (100%) 1 vote

pinit_fg_en_rect_red_28 Harsk, o Anão Ranger

Leia Também: