Saint Alis, Lady of Heroism and Bravery

Alis_Landale-2-450x600 Santa Alis, Senhora do Heroísmo e da Bravura

Quadro que retrata Santa Alis portando a Espada de Lacunian.

A heroína em parceria com seu grupo (veja sua trajetória clicando aqui), no passado, livrou Toran das garras de Lassic e do curso destrutivo para o qual ele estava levando o mundo.

Sua lenda se perpetuou, através de nobres aventureiros e grupos de heróis que  transmitiram seus ensinamentos de coragem, heroísmo e honradez frente àqueles que planejam oprimir e subjugar os fracos por desejos egoístas e mesquinhos.

Isso levou a formação de um culto, que tempos mais tarde tornou-se uma proeminente religião em Toran e mesmo em locais onde seu culto não é abertamente permitido, ainda assim consegue ser tolerado, face ao respeito alcançado pela jovem santa.

Santa Alis é a deusa do heroísmo, da bravura e da coragem, é neutra e boa, entre seus títulos estão: a Heroína de Caminithe, a Donzela da Espada de Luz, Senhora da Bravura.

  • Essa divindade promove a valentia, a honra e a resistência contra a opressão;
  • O domínio associado a ela é a Guerra;
  • Sua arma predileta é a espada longa;
  • Ela é venerada por paladinos, monges e guerreiros bondosos;
  • Seu arquirival é o Obscuro;
  • Tem boas relações com divindades não malignas.
espada-de-luz-lacunian-espada-sword Santa Alis, Senhora do Heroísmo e da Bravura

A Espada de Luz convocada na magia clerical arma espiritual.

As indumentárias de seu clericato seguem os tons que a deusa usava quando caminhava entre os mortais, creme, vermelho, rosa, salmão, cinza escuro, dourado.

Seus clérigos mais combatentes, costumas reproduzir os desenhos e contornos característicos da armadura que a deusa usava. Seus escudos e símbolos sagrados trazem a imagem de uma jovem com uma espada iluminada em riste, ou apenas da espada iluminada, não sendo incomum estarem acoplados as suas espadas ou escudos.

Seu clericato acredita que a deusa retorna de tempos em tempos para alertar e convocar bravos heróis para combater o mal que nunca cessa, o que eles nomearam de “o Chamado da Deusa”.

Apenas para o cenário do Grupo Morthífero e do Falcão: Por determinação do Sumo Sacerdote, em sua sede na Sagrada Cidade Fortaleza de Caminithe, seus clérigos foram proibidos de utilizarem espadas, apenas usando armas de contusão. Contudo alguns ainda mantém guardadas para o dia em que a liberação venha.

Elaboração e criação: Patrick Nascimento
Fonte de imagens: internet

Santa Alis, Senhora do Heroísmo e da Bravura
5 (100%) 2 votes

pinit_fg_en_rect_red_28 Santa Alis, Senhora do Heroísmo e da Bravura

Leia Também: