A-Profecia-Tra-Sak-e1505189511283 Tra-Sak

Nome: Tra-Sak

Jogador: Jaime

Idade: 23 anos

Raça/Etnia: Draconato

Classe: Guerreiro

Cabelos/Olhos: Sem cabelos/Negros

Cor da Pele: Escamas Brancas

Altura/Peso: 1,83 m/113 kg

Cada cicatriz que tenho é a confirmação de que um ferimento se curou. Mas cicatrizes fazem parte da minha história e mantêm viva a lembrança daqueles que me fizeram mal…

Tra-Sak foi criado por um humano chamado Ceól Kevb a sua vida toda sem saber muito do seu passado. Seu pai de criação nunca falava com ele sobre isso, de maneira que ele foi ficando cada vez mais intrigado. Seu pai sempre foi bastante realista: o mundo nunca foi e nunca será um mar de rosas. Então começou a ensinar Tra-Sak como lutar. Depois de algum tempo o jovem draconato conseguiu inclusive entrar para milícia de Red Larch. Mas isso não era suficiente. Com seu corpo no auge do treinamento decidiu montar uma companhia de guerreiros, mas isso era um projeto futuro.

Quando seu pai viu seu interesse por aventuras, decidiu conversar sobre isso, essas longas conversas chegaram à uma conclusão, pois não poderia segurar seu filho em casa uma vez que ele fez o mesmo. Depois da despedida Tra-Sak partiu e organizou um grupo que também almejava aventura. Juntos se dirigiram à cidade de Baldur’s Gate para procurar um contrato. Chegando ao local o cheiro de podridão era insuportável. Adentrando a cripta eles foram surpreendidos por quatro esqueletos. Tra-Sak no final do combate tomou uma machadada tão forte na mão esquerda que acabou por perdê-la. Após essa batalha o grupo voltou o mais rápido possível para Baldur’s Gate, pois necessitava de cuidados medico. Os aventureiros até poderiam falar que a missão foi um sucesso, mas não era assim que eles viam a situação…

Chegando ao templo foram muito bem tratados por um clérigo de Selûne. Tra-Sak curou o ferimento no braço, mas não conseguiu colocar sua mão no lugar novamente. A partir desse momento ele começou a usar um escudo feito sob medida por uma ferreira da cidade. Com o passar do tempo esse grupo acabou se separando. Certo dia enquanto estava em uma taverna o draconato recebeu uma carta convocando-o para ir até Suzail encontrar com o grande mago Vangerdahast, antigo conselheiro do rei Azoun IV. Há algo estranho por trás disso, mas talvez seja essa a chave para o seu passado.

Tra-Sak
5 (100%) 1 vote

pinit_fg_en_rect_red_28 Tra-Sak

Leia Também: