Uma suave dor de cabeça foi despertando cada um dos heróis, Gatts foi o primeiro, depois Pyrus, Kalin e por fim Questin, aos poucos tomando ciência do duro e frio chão de uma nave religiosa com vitrais difusos e colunas imensas sustentando a estrutura do que parecia ser um templo.

Os aventureiros despertaram no Templo do Elemental Maligno!

Narração: Bruno de Brito
Jogadores:
Diogo Coelho (Gatts)
Daniel Alonso (Pyrus)
Fabrício Nobre (Eophain)
Kalin Orochi como NPC, conduzido por Patrick Nascimento
Questin Himbble como PdM

Sessão ocorrida no último sábado: 04.02.17

O Templo do Elemental Maligno

O som de batalha do lado externo daquela construção, revelou aos heróis que ainda não faziam ideia de onde se encontrava e que alguma luta ocorria nas proximidades. A imensa porta com quase 20m de altura e 10 de largura estava entre aberta e  os heróis Pyrus, Questin e Kalin rumaram imediatamente para fora, para ver o que ocorria. Gatts mais atrás reunia em seus pensamentos informações que pudessem explicar onde estava, ainda que suas suspeitas já deduzisse…

Greyhawk_gargula-425x600 Templo do Elemental Maligno - Chegada

Gárgulas do Templo

Lá fora um guerreiro sem armadura confrontava um total de 12 gárgulas, seres feitos de rocha, asas coriáceas e faces demoníacas, sem falar de sua pele dura tal como pedra. O guerreiro lutava com grande maestria, ainda que arranhões e mordidas em quantidade significante, mostrasse que a fadiga e cansaço estavam sendo lavados com seu próprio sangue.

O trio Pyrus, Kalin e Questin, perceberam que fosse, quem fosse, era um combatente versado e lutava com grande vigor. A penumbra impedia uma visibilidade clara do que ocorria, mas era certo que o combatente solitário precisava de ajuda e foi o que fizeram.

Greyhawk_Questin-Himble Templo do Elemental Maligno - Chegada

Questin Himmble

O combate dos cinco heróis (Gatts se juntou mais tarde), se provou eficiente e rápido, por vezes atrapalhados pela luz que não conseguia cobrir todo o espaço da batalha, mas perseveraram no final. O guerreiro combatente era ninguém menos que o Kensai – Eophain.

Finalizado o combate o grupo tentou entender e na vaga lembrança, imaginar como chegaram até ali. Era senso comum que o ponto de remota lembrança o grupo seguia para o mercado de Nulb, 5ª Regaliera, e após uma fina chuva, todos desabaram em um sono poderoso. E mais o alto elfo Rathnar e o oráculo Sabyr Arkadani, não estavam ali,

A segunda constatação do grupo era certeza, de acordo com os registros e informações que possuíam, de que aquele era o Templo do Elemental Maligno em toda a sua pompa e imensa construção. Um local construído as margens de um lago  e com um extenso pântano ao redor.

Após muito discutirem, o grupo decidiu que precisava de mais informações para adentrar aquele lugar e caçar todos os objetivos que os trouxeram até ali (seja por vontade própria ou não). Fato era que não poderia arriscar iniciar aquela empreitada sem estarem preparados. Mal sabiam eles, que ainda que fisicamente não tivesse dentro do templo, o templo estava dentro deles…

O conhecimento local do halfling ladino Questin somado ao senso de direção do guerreiro Eophain norteou um rumo ao grupo e eles se puseram em caminhada para Nulb. Cerca de um ciclo e meio depois, avistaram uma grande construção distante, separada deles por um lago com uma fina camada de neblina e que revelava um medo e maus presságios naquela direção.

Gatts através da sua bota mágica, alçou voo, junto com Kalin para ver mais longe talvez as luzes da vila de Nulb, e o que ele constatou do alto para sua surpresa era a imagem do templo. Eles estavam andando em círculos…

Ao descer, o grupo estava incomodado com uma rápida visão que o halfling e Pyrus haviam tido do lago. A água havia tremeluzido rapidamente quando uma haste do tamanho de um homem com 3 olhos amarelos no topo, submergiu as vistas deles. Fosse o que fosse, o grupo decidiu rapidamente se afastar daquele local de volta ao ponto em que se encontravam antes.

Greyhawk_raemoteparte Templo do Elemental Maligno - Chegada

A estranha criatura do lago…

Diante do templo e contra a vontade, o grupo decidiu que as únicas alternativas para sair daquele local, era ou enfrentando a fera do lago, cuja natureza desconheciam, mas segundo conhecimento e informações de Gatts sob suas águas uma passagem poderia levar para fora daquele local, ou encontrar uma forma de através da exploração do templo, achar uma saída…

Após novo debate o grupo decidiu – adentrariam no Templo do Elemental Maligno.

Greyhawk_Portaodotemplo-425x600 Templo do Elemental Maligno - Chegada

O Grande Portão estava diante dos aventureiros…

Continua…

Templo do Elemental Maligno – Chegada
5 (100%) 2 votes

pinit_fg_en_rect_red_28 Templo do Elemental Maligno - Chegada

Leia Também: