Cenário: Arzien

A Coroa da Ruína faz parte de um conjunto de itens milenares chamados de Coroas Infernais, forjados em planos inferiores, mais especificamente nos Nove Infernos (também chamado de Unvellor), para corromper as almas dos mortais, em especial dos homens.

A última aparição da Coroa da Ruína foi no final do VI Período, quando foi utilizada para corromper o Rei Ferthgull Baliankor III, da Kinária. Após terem sidos derrotados na Batalha do Último Rei contra as forças do Rei Orc Temorkar, Ferthgull e todo seu exército foi condenado. Porém, suas almas ficaram aprisionadas no próprio campo de batalha, que foi transformado em um gigantesco cemitério conhecido como O Cemitério dos Guerreiros Derrotados, no Condado de Marantel, Reino de Dulamar.

Coroa da Ruína
Avalie o conteúdo