Parte de autoria pessoa, parte do próprio cenário (ver créditos no final), Diogo Coelho nos apresenta sua primeira (de muitas) postagem nesta Casa – Orbe dos Dragões.

48880-o2bretornando2bpara2bcasa Retornando para casa
Andrea vislumbra os Vales depois de anos.

Sempre gostei de viajar, conhecer lugares e pessoas exóticas, mas depois de anos na estrada resolvi retornar para meu humilde lar. Sempre estive cantando e contando historias sobre as terras onde passei, mas um vazio sempre era constante na minha alma, minhas historias e musicas, apesar de todos gostarem e elogiarem, eu sentia que faltava algo a mais. Foi um velho taverneiro de Mulhorand, o senhor Hassan Hamid, que com uma simples pergunta fez com que eu descobrisse o que faltava em minhas canções.

“Cantas muito bem minha jovem, fala destas terras por onde passou com muito amor, mas gostaria de ouvir algumas canções sobre sua terra natal”. 

406be-hassan2bhamid Retornando para casa
O velho Taberneiro Hassan Hamid

“Senhor Hassan, não tenho muitas historias sobre os Vales, para falar a verdade não sei nenhuma”.

“Minha filha … um sábio que não conhece seu próprio passado, nunca será pleno em sua sabedoria”.

E foi depois de uma simples conversar em uma taverna que deliberei em voltar. Não poderia começar meu novo livro de contos sem relatar o Vale onde nasci.

A Historia do Vale das Sombras

A origem do Vale das Sombras é relativamente recente, pelo menos como um lar para humanos e aventureiros em transito. Sua primeira referência é a de um lugar maligno, controlado pelas comunidades drows que residem em Underdark. Os tuneis e cavernas, desses elfos negros e seus maldosos aliados, brotaram para a superfície na região do Velho Crânio, uma erupção de granito nos arborizados montes da região. 

e22e0-vale2bdas2bsombras Retornando para casa
O Vale das Sombras
Foram os drows que construíram a primeira Torre Retorcida como uma fortaleza para proteger as grandes entradas subterrâneas. Ela permanece como a mais antiga construção ainda em uso na área, apesar de ter sido expandida e de novos setores terem sido construídos varias vezes. Com a Torre Retorcida, como base de operações, os drows mantiveram uma grande ocupação da superfície sobre as pequenas comunidades de escravos humano e de outras raças. Os drows foram totalmente conduzidos para o subsolo na memoria dos elfos ainda vivos e, ainda, mantém controle sobre grande parte do subterrâneo. Foi durante essa época que a região dos Vales, dominada pelos elfos negros, ficou conhecida como O Vale sob as sombras, depois apelidada de Vale das Sombras.
97245-torre2bretorcida Retornando para casa
A Torre Retorcida

A Queda de Azmaer

(O último comandante Drow da Torre Retorcida)

As leis drows do Vale das Sombras duraram até o começo do ano 900 CV, quando a crescente população humana na área levou-os a um conflito com seus mais novos e numerosos vizinhos. Esses eram os Homens dos Vales, que há um milênio cruzaram a Orla do Dragão e fizeram um tratado de paz com os elfos de Myth Drannor, estabelecendo-se nas fronteiras das grandes florestas onde se localizava o lar dos elfos. Os drows se encontraram sob ataque continuo e a maioria dos que dominavam a superfície retrocedeu aos subterrâneos antes do massacre. O ultimo poderoso líder foi Azmaer, o Comandante da Torre Retorcida, que no seu final de domínio comandou a retirada dos drows face ascensão humana e liderou a cidadela contra o cerco que durou um ano. Com suprimentos e escravos trazidos de Underdark diretamente para que a Torre, os drows poderiam ter permanecido por muito mais tempo, contudo, um escravo humano – historias familiares nos Vales indicam vários possíveis indivíduos – envenenou o poço, a cidade foi facilmente derrotada pelas forças adversarias. O corpo de Azmaer não foi encontrado, levando alguns a acreditar que ele escapou para as Underdark para reorganizar seu povo. Justamente pelo fato de que teria que explicar para a sua matriarca a perda Vale das Sombras, se tivesse sobrevivido. Azmaer provavelmente se retirou para um exílio escondendo-se deos humanos e dos drows. Dado que isto ocorreu há 400 anos, pode ser que Azmaer ainda esteja vivo. 

Ashabe Torna-se o Primeiro Lorde do Vale das Sombras

Depois da retomada da Torre e da extinção do domínio drow sobre o povo, os Homens dos Vales estabeleceram-se totalmente no Vale das Sombras, com seu poder centrado na Torre Retorcida. Seu primeiro lorde foi Ashaba, um mago (genasi da água) que ajudou no ataque. Ashabe governou pacificamente por quarenta anos. Conta-se que, quando Ashaba descobriu que estava morrendo, transformou-se em água, misturando-se ao rio. E desde aquele tempo o rio, a vau e a Torre Retorcida receberam seu nome. Antes de partir, Ashaba escolheu um dos seus fiéis tenentes para ser seu sucessor, que foi apresentado ao povo como o novo lorde por aclamação.
72a72-ashaba Retornando para casa
Ashabe, o Genasi da Água

Lordes eleitos por Aclamação

Essa aclamação do povo formou a base para a eleição de todos os governantes do Vale das Sombras desde aquele tempo. Normalmente esse lorde ira se retirar do cargo ao contrario de morrer em serviço, e seu escolhido como sucessor será aprovado pela população em geral. Esse sistema apresentou desvantagens, mas, em geral, tem servido muito bem ao independente e obstinado povo do vale, pois evita a “loteria genética que as boas burocracias e os maus reinados têm feito” – termos de Elminster. O símbolo do governo é o Pendente de Ashaba, um objeto possuído pelo mago original e usado para determinar, por direito, o lorde do Vale.

Pot: Diogo Coelho, DM Foorgotten Reamls.

Parte deste conteúdo é original do Cenário de Campanha Forgotten Realms, Shadowdale e do Vale das Sombras (Todos os direitos reservados).
Retornando para casa
Avalie o conteúdo

pinit_fg_en_rect_red_28 Retornando para casa

Leia Também: